quarta-feira, 4 de junho de 2008

cuando pienso en el...



Leo: Quase fiz a barba hoje
Che: Mas porquê?
Leo: Porque está ficando meio grande... uma coisa quase "lenhador canadense", saca?
Che: Já passou do padrão revolucionário cubano?
Leo: Sim, por uns 4 cm já...
Che: Mas pense bem, é uma decisão importante.
Leo: Não se preocupe, resolvi que não faço. Pelo menos não até voltar de Havana.
Che: Enche-me de orgulho guri!
Leo: Ah, obrigado... mas também, é só barba.
Che: Desculpe-me por discordar, mas não é. É um atestado de existência em forma de pelos! E há de se lembrar: Em uma revovulação se triunfa ou morre, se for verdadeira!

... silêncio...

1) Sim, estou indo pra Cuba.
2) Sim, a morte é fazer a barba!