terça-feira, 3 de julho de 2007


Phedra de Cordoba normalmente já pararia o trânsito. Às vésperas da 11° parada do orgulho gay então, a Avenida Paulista realmente parou para vê-la desfilar. A luz estava linda. Dois sóis se descortinavam deixando o calçamento de pedras portuguesas digno dos tijolos dourados de OZ. Phedra acenava para a multidão que gritava e assobiava enquanto esperava sua vez de atravessar em frente ao conjunto nacional.
Enquanto clicava, vi claramente em meu visor quando uma das fotos se destacou... tinha um quê de estátua da liberdade, dava glória ao movimento GLBT em meio ao palco de sua Paulicéia Desvairada. Phedra também sabia que a sessão tinha sido mágica e adorou ao ouvir que naquela tarde havia feito um dos retratos mais bonitos de minha curta carreira.



Já Facundo, representava o S, da antiga sigla GLS - hoje GLBT. No vão livre do MASP fotografamos numa quarta-feira, dia em que a visitação ao museu se destina a escolas do estado. O vão livre sempre me traz boas memórias, enfim, é um dos melhores lugares para se fumar em São Paulo sem ser inportunado pela PM. Logo que cheguei lembrei porque não ia nas quartas-feiras... Não é que eu não goste de crianças, mas elas falam demais, alto demais e andam em número demais em grupos demais. Adicione a estes fatores o coeficiente galo. Sim, inspirados em uam clássica foto de Salvador Dali, Facundo teria um galináceo em seu ombro. Em certo momento, o galo decide que não iria mais participar da festa, salta - não antes de ficar belo no clique exato. Corre pelo vão livre atraindo milhares de crianças em sua caçada. Quem viu o filme dos trapalhões na sessão da tarde onde Didi e companhia correm atrás de galos para treinar o bom futebol, podem ter um leve visão da cena. Mas claro, as crianças eram muitas, faziam barulho e o galo se assustava. "Voou" até o parapeito do Masp, olhou pra baixo - cheguei a pensar em quantos minutos duraria um galo solto perto da paulista e antes de conseguir um numeral, o galináceo baixou a crista e resolveu voltar. Fizemos mais algumas fotos, mas a do pulo certamente foi a melhor do dia.

2 comentários:

Lua disse...

Já vi a Phreda algumas vezez em cena. Tua foto faz jus. bjos

Lua disse...
Este comentário foi removido pelo autor.