terça-feira, 3 de julho de 2007

O que não arde, queima.



Leo: - Pedro, posso te fotografar trabalhando?
Pedro: - Mas assim, roupa suja?
Leo: - Ué, mas não é tua roupa de trabalho?
Pedro: - Que é, é... mas...
Leo: - Mas o quê?
Pedro: - Mas eu não entendo fotógrafo de hoje em dia. Meu vô tinha uma câmera e cada vez que colocava filme nela, só fotografava a gente quando estávamos de banho tomado e roupa boa...

silêncio

Leo: - Mas é que nessa não vai filme, é digital!
Pedro: - Ah, então aí pode né...

5 comentários:

Lua disse...

Poxa Aquilinha, tu devia ter marcado de fazer a foto de banho tomado também. Ai ai ai... rs.

Anna Carolina Negri disse...

hahahahahaha mto bom mesmo!!!!! :)

lufec disse...

xuxu, os dialgos que vc publica sao os meus prediletos. adoro adoro. reproduza mais vezes aqui.

Anônimo disse...

Nao nos conhecemos e nem sei como fui parar aqui! Enfim, muito bom!
Adorei seu trabalho, ADOREI!

Manu disse...

vixe, que vontade de sair pra fotografar com vc!!!