sexta-feira, 4 de maio de 2007

Dona Gracinda

D. Gracinda: - Eu nâo vou falair, porque senâo acabo a sair de bóca aberta
Leo: - Ok, Dona Gracinda, pode ficar quietinha então...
Seu Daniel (marido): - Póde deixair que eu fálo por iela e por mim. Aliás, sobre u qui mesmo é a mãtéria?
Leo: - Açougues, antigos açougues...
Seu Daniel: - Destes que estâo em extensão

silêncio

Leo: Isso, extinção...
Seu Daniel: - Pois fói o que eu disse pá, extensão!


obs: não foi cometido nenhum erro de grafia neste texto

2 comentários:

world interactive disse...

Haha, muito bom.

Ass.: Maíra

Interaubis disse...

gostei muito do clima por aqui, também tenho um bloguezim e vou aproveitar pra te linkar.
abraços
:)

ps, o meu é http://escritxos.blogspot.com